728x90 AdSpace

Notícias
1 de maio de 2015

Primeira prova de neuroinflamação no cérebro de pacientes com dor crónica


Imagens criadas por 'tomografia por emissão de positrões' - PETscan - que representam uma média obtida num estudo com pessoas com dor crónica e pessoas saudáveis. .:.   Crédito: Marco Loggia, PhD, Martinos Center for Biomedical Imaging, Massachusetts General Hospital
À esquerda, a média das imagens obtidas em doentes com dor crónica; à direita em controlos saudáveis. Nos doentes com dor crónica a imagem revela níveis superiores de uma proteína associada à inflamação (a laranja e vermelho), no tálamo e outras regiões do cérebro.

Resumo:
Num estudo levado a cabo por um grupo de investigadores no Hospital Geral de Massachusetts, descobriu-se, pela primeira vez, a prova da existência de neuroinflamação em regiões chave no cérebro de pacientes com dor crónica. Mostrando que os níveis de uma proteína associada à inflamação são elevados nas regiões que se sabe estarem envolvidas no processo de transmissão de dor, abre-se caminho para a exploração de novas estratégias de tratamento. Mais importante ainda, identifica-se a forma de contornar uma das mais frustrantes limitações no estudo e tratamento da dor crónica - a falta de uma forma objectiva de medir a presença ou a intensidade da dor.
Os cientistas acreditam que a presença de quantidades elevadas desta proteína representa a tentativa de resposta do nosso corpo para 'acalmar' a dor. Acreditam também que esta descoberta vai conduzir a várias outras, desde distinguir entre síndromes ou patologias semelhantes a descobrir biomarcadores para diversas condições dolorosas.
Data: 12 de Janeiro de 2015
Fonte: Massachusetts General Hospital .:. "First evidence of neuroinflammation in brains of chronic pain patients."


  • Comentários no Blog
  • Comentários no Facebook

1 comentários:

Item Reviewed: Primeira prova de neuroinflamação no cérebro de pacientes com dor crónica Rating: 5 Reviewed By: Fibromialgia em PT