728x90 AdSpace

Notícias
6 de maio de 2015

Os 100 sintomas da fibromialgia


ATENÇÃO: Este é um artigo que circula bastante na internet e foi extraído do livro "Prisonniers de la Fibromyalgie, ou maladie de la fatigue chronique, l’espoir retrouvé” do Dr. André Mergui. É muito importante saber que todos os fibromiálgicos vão ter alguns destes sintomas mas nenhum vai ter todos os sintomas.

Também é importante saber que os sintomas aqui descritos podem ser provocados por outras patologias, que devem ser descartadas até se chegar a um diagnóstico de fibromialgia. A regra de ouro é sempre a mesma: consulte o seu médico sobre cada um dos sintomas que sente.

Nota da editora: A lista refere 100 sintomas porém muitos aparecem em duplicado, descritos apenas por palavras diferentes. Acredito ter conseguido resumir e organizar os sintomas que podemos sentir. É evidente que, ainda assim, muitos estão relacionados entre si. Esta espécie de lista pretende apenas reconhecer alguns dos sintomas associados à fibromialgia, a título meramente informativo.

1. Ansiedade

2. Falta de ar

3. Depressão

4. Crises de pânico
Podem aparecer sob a forma de crise de pânico nocturno ou terror nocturno. Geralmente começa com manifestações comportamentais de intenso medo (ainda durante o sono) culminando num despertar abrupto, com respiração rápida e, por vezes, com um grito de pânico.

5. Palpitações cardíacas

Sensação de estar envolvido em nevoeiro, um estado de confusão ao qual os americanos chamam fibrofog.

7. Diminuição do rendimento intelectual
A sensação de se ter perdido a  vivacidade de espírito.

8. Perda de concentração

9. Perda de memória

10. Estado de confusão
Torna-se difícil reconhecer lugares familiares, pessoas conhecidas, manter uma conversa, etc.

11. Dificuldade de expressão ou comunicação
Desde a falta de voz ou de força para articular as palavras, passando pelo esquecimento do vocabulário até à disfasia - perturbação de linguagem que consiste na má coordenação das palavras.

12. Irritabilidade

13. Mudanças de humor
As variações de humor que um fibromiálgico pode ter são muito importantes na forma como os outros o vêm pois contribuem para que não seja levado a sério como portador de uma doença.
Estas flutuações dependem dos níveis de endorfinas disponíveis no organismo. Também surgem porque a dor que sente é esgotante, consome a sua vitalidade, acaba com a força e a vontade, descontrola o sistema nervoso. Acaba por ter problemas para controlar as suas reacções e perde a serenidade com alguma frequência. Pode acabar por ter crises de pânico ou de choro.

14. Suicídio
A ideia é recorrente mas raras vezes é posta em prática, felizmente.

15. Sono não reparador
O portador de fibromialgia dorme menos e de forma não reparadora. Observa-se um distúrbio na 4ª fase do sono, segunda fase do sono profundo. Nesta fase, o cérebro trabalha quase que exclusivamente com as ondas delta lentas. É uma fase importante para se sentir revigorado pela manhã. Se a etapa for muito curta, o sono não vai ser satisfatório. As ondas delta são medições da actividade do cérebro e normalmente estão associadas com o começo dos sonhos, ou seja, o descanso so cérebro das actividades do dia a dia. Um distúrbio nesta fase do sono descontrola a hormona do crescimento que é responsável pela regeneração dos tecidos, pela boa forma do sistema imune e está envolvida no controle do metabolismo. Na prática o fibromiálgico tem fases de insónia e fases de hipersomnia, desperta várias vezes durante a noite, muitas das vezes sem conseguir adormecer outra vez e, de manhã, sente-se tão cansado como se não tivesse dormido. O professor doutor Harvey Moldofsky, um psiquiatra canadiano especialista em distúrbios do sono, demonstrou que os portadores de fibromialgia sofrem de um distúrbio no sono profundo, em ondas lentas.  

16. Apneia do sono
Condição clínica caracterizada por episódios repetitivos de obstrução da via aérea superior durante o sono, resultando frequentemente em dessaturação de oxigénio e microdespertares.

17. Síndrome das pernas irrequietas
Esta síndrome é um distúrbio do sono em que a pessoa sente uma necessidade involuntária de movimentar as pernas. Geralmente o sintoma ocorre a noite ao deitar-se, havendo alívio com o esse movimento, porem muitas vezes a pessoa passa muito tempo - até muitas horas - movimentando as pernas e isto prejudica o sono.

18. Espasmos nocturnos
Incontroláveis, nos braços e nas pernas.

19. Rigidez
O paciente tem a sensação de estar apertado dentro de um colete de gesso que dificulta os seus movimentos. É mais frequente de manhã, ao sair da cama e depois de ter estado no máximo 30 minutos na mesma posição, de pé, sentado ou na cama. Conduzir pode activar esta rigidez que tem a particularidade de se agravar com mudanças de temperatura ou dependendo da humidade ambiente.

20. Diminuição do rendimento físico
A impossibilidade de continuar a fazer tudo o que se fazia, como se se tivesse envelhecido rapidamente, a sensação de estar sobrecarregado e no limite das capacidades.
 
21. Astenia
A fadiga crónica é caracterizada por uma sensação generalizada de debilidade e falta de vitalidade, que se sente tanto a nível físico como intelectual, e que afecta a capacidade de trabalhar ou realizar tarefas simples.

22. Dificuldade em subir ou descer escadas

23. Dificuldade em levantar os braços

24. Articulação temporo-mandibular
A articulação da mandíbula com o crânio que deve ser silenciosa e indolor pode tornar-se dolorosa ao abrir e fechar a boca, provocando um estalido ou a sensação de que a mandíbula saíu do sítio. É difícil abrir completamente a boca. Desvio da mandíbula ao abrir e fechar a boca.

25. Bruxismo
As mandíbulas estão sempre cerradas e rangem-se os dentes, de dia e de noite.

26. Mastigação difícil

27. Disfagia
Dificuldade em deglutir, engasgamento

28. Sensibilidade nas gengivas

29. Laringite e amigdalite frequentes

30. Irritação na garganta
A sensação de ter mucosidades na faringe.

31. Boca seca
32. Olhos secos
33. Picadelas nos olhos
Podem sentir-se picadelas como se se tivesse um grão de areia que não saísse da conjuntiva. 
34. Visão enevoada
35. Olhos vermelhos
Os globos oculares podem ficar vermelhos e inflamados, depois de uma leitura, por exemplo. 
36. Espasmos incontroláveis nas pálpebras.

37. Visão dupla
É frequente também aparecerem falsas imagens que se deslocam em frente aos olhos. Estes sintomas podem prejudicar a condução de veículos.
Cólicas, alternância entre diarreia e prisão de ventre, pouca tolerância a alguns alimentos e muito mais...

39. Problemas digestivos
Dores, gases, ardência no estômago, náuseas.

40. Audição
Perda das frequências baixas ou diminuição da acuidade auditiva. Acuidade é a capacidade acentuada de sentir e descriminar estímulos sensoriais.

41. Canal auditivo
Os pacientes referem a sensação de estar sempre tapado, como se fabricasse cera em excesso.
42. Zumbidos ou assobios nos ouvidos
Provêem de espasmos dos músculos tensores do tímpano e são muito incómodos, no mínimo. O ruído incessante torna-se obsessivo e acaba por dar a sensação de que se está a ficar louco. Há pacientes que descrevem também sons de campainhas, diminuição de audição e pruridos ocasionais.

43. Perda de força e falta de sensibilidade
Ao nível das mãos com predomínio unilateral sobre o 4º e 5º dedos. 
44. Formigueiro
Aparece muitas vezes nas mãos e mais raramente nos pés. Quando acontece nas mãos pode irradiar até às costas.
45. Síndrome do túnel cárpico
A fibromialgia pode provocar sintomas semelhantes aos desta síndrome. A síndrome do canal cárpico é uma condição causada por um aperto nervoso ao nível da face anterior do punho que às vezes provoca adormecimento, formigueiro  e dor no antebraço, mão e dedos.

46. Cãimbras musculares
47. Espasmos musculares

48. Pele
Pele seca e escamosa

49. Comichão
Acompanhada de uma vontade incontrolável de coçar, principalmente nos pulsos e tornozelos.

50. Mudanças de coloração cutânea
Por vezes a pele fica com um aspecto marmoreado

51. Déficit de ferro
Pode causar queda de cabelo, unhas estriadas, secura da mucosa bucal, gretas nos lábios.

52. Circulação sanguínea
Parece alterada, com mudanças na coloração da pele nos lóbulos das orelhas, nas mãos e nos tornozelos. Os pacientes descrevem uma sensibilidade exagerada ao frio e ao calor. Dedos vermelhos ou brancos e gelados.

53. Inchaço nas extremidades
Este tipo de inchaço não tem a ver com articulações o que permite diferenciá-lo de afecções inflamatórias articulares. Pode aparecer nos dedos, mãos, pés ou pernas, normalmente num só lado.

54. Dificuldade em caminhar
É frequente precisar de apoio para caminhar, tanto com bengala como com a ajuda de alguém.

55. Torpor
Para além de facilmente cairem os objectos das mãos, o paciente com fibromialgia tropeça, choca com objectos e lesiona-se com facilidade.

56. Joelhos
Os joelhos dobram-se sem motivo aparente e sem pré-aviso.

57. Vertigens e tonturas
Impressão de perda de contacto com o solo, de não sentir os próprios passos.
58. Pés
Quando o corpo não está no seu eixo o pé não se apoia uniformemente sobre o solo. Os apoios são transferidos, quase sempre, para a frente, de tal maneira que o facto de se levantar ou andar causa lesões no pé e podem aparecer vários tipos de ferida: calos, bolhas e inchaços. Num estado avançado isto pode dar origem a uma fasceíte plantar a tal ponto que o portador de fibromialgia perde a vontade de usar sapatos ou caminhar.

59. Hipersensibilidade sensorial
Aos cheiros, à luz, ao ruído, ao calor, ao frio, ao meio ambiente.
Fotofobia - impossibilidade de suportar a luz forte, tanto natural como artificial.
Misofonia - sensibilidade ao ruído.
Alodinia - sensibilidade ao toque; um beijo, o roçar da roupa, podem ser doloroso.
Hiperosmia - sensibilidade aos cheiros.

60. Hipersensibilidade imunológica
Parecem alergias a vários alimentos, medicamentos, aditivos alimentares, à poluição porém desaparecem sem tratamento. Pode originar congestão do nariz, picadelas e ardência nos olhos e lacrimejar.

61. Hipersensibilidade térmica
Sensação de muito calor no Verão e demasiado frio no Inverno. Extremidades brancas, não vascularizadas, que parecem não ter sangue. Mudanças de temperatura rápidas, de um extremo ao outro, sem razão aparente. Arrepios.

62. Suor abundante

63. Mialgias
Dores musculares que podem afectar um ou vários músculos do coro e podem resultar de causas muito diversas. Na fibromialgia as dores são espontâneas, difusas e podem aparecer sob várias formas como sensação de queimadura, de picadela, de puxão e sentem-se nos músculos, tendões, ligamentos e pele. Mudam de lugar e de intensidade. Podem estar relacionadas com o tempo, a humidade, o stress ou a actividade física. Não há nenhuma parte do corpo onde não apareça dor.

64. Dor de cabeça
Este tipo de dor também aparece de diferentes formas: como enxaqueca, nos seios nasais, unilateralmente, "atrás" dos olhos, como se houvesse sinusite que não mostra sinais nos exames radiológicos.
65. Dor à pressão temporo-mandibular

66. Dor torácica unilateral
Perceptível a mais ou menos 4 cm do esterno. Esta dor aparece quase sempre do lado esquerdo, sobre a 5ª costela e impede o paciente de encher completamente os pulmões de ar.

67. Dores musculares bilaterais, à pressão
O Colégio Americano de Reumatologia descreveu 9 pontos, bilaterais, dolorosos, em 1990. Quando 11 destes 18 pontos são dolorosos à pressão, o sujeito tem 88% de probabilidades de ser fibromiálgico.

68. Vulvodínia
Dor ou sensação de queimadura na área ao redor da abertura da vulva sem que haja um motivo aparente.

69. Endometriose
Presença do endométrio – tecido que reveste o interior do útero – fora da cavidade uterina, ou seja, noutros órgãos da pelve: trompas, ovários, intestinos e bexiga.

70. Dismenorreia
A dor abdominal e/ou pélvica intensa que surge antes da menstruação ou coincidindo com a mesma, e dura aproximadamente 24 horas.

71. Diminuição da líbido
O desejo sexual hipoactivo é a diminuição ou ausência total de fantasias e de desejo de ter actividade sexual. Simplesmente, a pessoa sente que tanto faz ter sexo ou não, pois não faz falta para si. Há um grande sofrimento por sentir essa desmotivação e pelos problemas que causa a um casal. É indicada alguma forma de psicoterapia.

72. Diminuição da fertilidade masculina
Os transtornos hormonais no eixo hipotálamo-hipófise-gonadal diminuem a fertilidade.

73. Tiróide
Normalmente hipotiroidismo.

74. Urinar
Necessidade imperiosa e frequente de urinar, sem infecção - síndrome da bexiga irritável, que se complica que houver cistites (infecção na bexiga) frequentes. Na mulher é frequente a perda de urina ao menor esforço - andar, subir escadas, correr.

75. Exames médicos
- a fibromialgia não mostra alterações em radiografias, TAC ou ressonâncias magnéticas
- a fibromialgia não mostra alterações nas análises ao sangue normais
- a fibromialgia não mostra alterações se for feita uma biópsia

- O Dr. Jon Russel, do Health Science Center, da Universidade do Texas, afirma que a substância P. se encontra em quantidade acima do normal no cérebro dos fibromiálgicos enquanto que o nível de serotonina é inferior ao normal. A dopamina, noradrenalina, o GABA e todos os neurotransmissores têm valores anormais. O eixo hipotálamo-hipófise-suprarrenal está alterado assim como o sistema nervoso autónomo*.

*O sistema nervoso autónomo também chamado sistema neurovegetativo ou sistema nervoso visceral é a parte do sistema nervoso que está relacionada com o controle da vida vegetativa, ou seja, controla funções como a respiração, circulação do sangue, controle de temperatura e digestão.
É também o principal responsável pelo controle automático do corpo face às modificações do ambiente. Por exemplo, quando o indivíduo entra numa sala com ar-condicionado que lhe provoca frio, o sistema nervoso autónomo começa a agir, tentando impedir uma queda de temperatura corporal. Dessa maneira, os pêlos arrepiam-se e começa a tremer para gerar calor. Ao mesmo tempo ocorre vasoconstrição nas extremidades para impedir a dissipação do calor. Essas medidas, aliadas à sensação desagradável de frio, foram as principais responsáveis pela sobrevivência da espécie em condições que deveriam impedir o funcionamento de um organismo. Assim se pode perceber que o organismo possui um mecanismo que permite ajustes corporais, mantendo assim o equilíbrio do corpo.

76 a 100. Parafernália de indispensáveis ao conforto e funcionalidade de um fibromiálgico :) =D
  • uma boa almofada
  • uma manta leve e quente
  • uma garrafinha de água
  • uma cadeira
  • medicamentos
  • óculos de sol
  • camadas de roupa para poder vestir e despir, conforme sente calor ou frio

  • etc., etc.,

@ Fibroactifs
  • Comentários no Blog
  • Comentários no Facebook

114 comentários:

  1. Que doença é essa minha gente?

    Vi umas 15 coisas que não cinto o resto tenho, já tive, as vezes tenho. Como não se comprova clinicamente essa doença terrível?

    Médicos, cientistas, please, nos ajude a diagnosticar clinicamente essa doença e assim termos direito a certa proteção, como por exemplo prioridade em filas, ônibus etc. Como viver como os outros, se temos tantas dores?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que a resposta esteja próxima. Estão a decorrer investigações em todo o mundo.

      Eliminar
    2. Eu tenho quase todos esses sintomas ,essa semana comecei a sentir uma veia queimando do lado esquerdo da cabeça affz é horrível ,trabalho de segunda a sábado estou fazendo opinião para continuar ,é muito sofrido,tem dias que pesso a morte.... Muito sofrimento tenho apenas 28 anos
      ..tenho pedido muito pra Deus me curar.....

      Eliminar
    3. Calma menina.tbm sou portadora. Podemos viver com qualidade.tomos como estabilizar. A fisioterapia e uma ótima opção. Fique com Deus e tenha fé.

      Eliminar
    4. clma eu tambem tenho fibromialgia e tenho apenas 27 anos é orrivel mais tem que ter fé
      sinto um formigamento orrivel no joelhos que só por deus

      Eliminar
    5. Oi quais outros aintomas

      Eliminar
    6. Ainda que mais sintomas melhor morre logo

      Eliminar
    7. Que doença horrível ninguém merece ,cura meu Deus,seus filhos, misericórdia.

      Eliminar
  2. fico me imaginando mais velha, acho que nao vou aguentar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não podemos perder a esperança. Estamos cada vez mais perto de encontrar soluções. Com esta doença temos que viver dia a dia. Quando formos mais velhas, quem sabe, já sabem tratar-nos...

      Eliminar
    2. Tb me imagino mais velha. Que horror isso.

      Eliminar
  3. É assim mesmo, anos e anos a fio....mas o que mais dói é ouvir médicos dizerem :"Isso não existe" e ser tratada como depressiva, bipolar, eu sei lá!
    Nos últimos tempos tenho tomado Cymbalta, e tenho tido muito melhores e maiores "bons momentos"...

    ResponderEliminar
  4. Muito complicado e difícil , pois , a fibromialgia como ja se falou , somente se pode atestar por exames físicos e por esse motivo , muitos não levam a sério o que vc senti . Até os mais próximos não acreditam quando vc reclama de dor e olha, como sinto dores...muito complicado!!!

    ResponderEliminar
  5. Realmente,fiquei bem surpresa,porque alguns dos sintomas eu sinto e não sabia que era isso,realmente é muito difícil viver assim,hoje de modo especial estou com um gripãp que fazia anos que não tinha,ai complicou mesmo,é dor pra todos lados,,nas pernas,nos ombros,no pescoço,ns ombros,sem contar o desanimo,so passei na cama,desde sexta-feira,se amanhã eu não melhorar vou ao clinico geral,falo pro meu marido dona de casa não deveria ficar doente,porque é difícil,so Deus mesmo.Numerei 20 sintomas,(queixas que sinto,valeu a dica,tomara á Deus que um dia isso tenha cura.

    ResponderEliminar
  6. Acho que tenho pelo menos 90 destes sintomas. Dores que nem imaginava ser da fibro.

    ResponderEliminar
  7. TENHO VÁRIOS DESTES SINTOMAS..SOU DOENTE DE FIBRIOMIALGIA E SEI QUANTO CUSTA..VIVER COM TODAS ESTAS DORES

    ResponderEliminar
  8. A quinze anos descobri que tenho fibro e a cada ano ,um novo sintoma aparece,tenho quase todos relacionados acima,AFF,meu Deus,aprendendo ainda a conviver com ela,tenho dias ótimos,aí depois vem os ruins como sempre ,e assim vou levando,desistir nunca,o duro é depender de medicamentos diários pró resto da vida.

    ResponderEliminar
  9. A quinze anos descobri que tenho fibro e a cada ano ,um novo sintoma aparece,tenho quase todos relacionados acima,AFF,meu Deus,aprendendo ainda a conviver com ela,tenho dias ótimos,aí depois vem os ruins como sempre ,e assim vou levando,desistir nunca,o duro é depender de medicamentos diários pró resto da vida.

    ResponderEliminar
  10. Há 09 anos, depois de muito correr pra lá e pra cá, fui diagnosticada como bipolar. Mas sempre senti muitas dores, o dia todo, todos os dias, um cansaço que não tinha fim, mal conseguia dormir, hj só durmo com medicamentos. Fiz todos os exames possíveis e nada, então mais um diagnostico, fibromialgia. Me disseram que por causa do TB, desenvolveu a fibro, mas lendo essa matéria me pareceu ser uma coisa só. Eu sinto quase todos os sintomas citados, e que segundo os médicos a maioria foram ligados ao TB. O que mais me deixa triste é que as pessoas a minha volta não acreditam em mim, dizem que se não me esforçar nada vai mudar, que tenho que sair, me divertir, viajar, fazer exercícios, assim tudo vai melhorar. Segundo eles, é coisa da minha cabeça. Como se eu quisesse me manter em reclusão por toda vida, só saiu pra trabalhar porque não posso parar, minha mente sabe disso, mas só eu sei o quanto o meu corpo sofre com isso !! Só queria minha vida de volta !!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pessoas que não passa o que vc passa costumam querer dar as solunções mais só quem vive com isso sabe não tenho isso vi quão horríveis são os sintomas ea pessoa ter que conviver com isso força pra ti é o que eu desejo.

      Eliminar
    2. Olá,
      Acredito que seja bem difícil mesmo ouvir críticas a respeito de um diagnóstico complicado...so mesmo os que convivem com ela podem acreditar o qto é doloroso. ..mas vc precisa aprender à lidar primeiro com o seu psicológico para depois ter a facilidade de conviver com ela...Não desista!

      Eliminar
  11. Tantos sintomas que tenho... Não sei mais o que pensar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felizmente existem muitos fibromiálgicos que não têm, mas isto dá que pensar. Pensar não é desanimar, ok? Um dia tudo será explicado e tratável! <3

      Eliminar
    2. Assim seja! Na torcida aqui!!!!!

      Eliminar
    3. Assim seja! Na torcida aqui!!!!!

      Eliminar
  12. É triste e doloroso viver assim. Tenho 47 anos e fibro desde os 34, é muito tempo pra viver com dor. Já tive anos bons em que nem lembrava da fibro. Mas ultimamente, tenho 90% dos sintomas. Vivo em médicos, além do acompanhamento com Reumato. Como é difícil viver todos os dias com dor.

    ResponderEliminar
  13. É triste e doloroso viver assim. Tenho 47 anos e fibro desde os 34, é muito tempo pra viver com dor. Já tive anos bons em que nem lembrava da fibro. Mas ultimamente, tenho 90% dos sintomas. Vivo em médicos, além do acompanhamento com Reumato. Como é difícil viver todos os dias com dor.

    ResponderEliminar
  14. Ola, meu nome e ozelia, tenho 47 anos e desde os,34, fui diagnosticada com fibromialgia..eh uma,doenca..uma sindrome...muito mais muito doloroso...deita com dor acorda com dor, sem contar que rouba toda a,vitalidade..eu tomo remedios,para dor....todos os dias.....

    ResponderEliminar
  15. Ola, meu nome e ozelia, tenho 47 anos e desde os,34, fui diagnosticada com fibromialgia..eh uma,doenca..uma sindrome...muito mais muito doloroso...deita com dor acorda com dor, sem contar que rouba toda a,vitalidade..eu tomo remedios,para dor....todos os dias.....

    ResponderEliminar
  16. Olá também tenho fibromialgia e e ao longo dos anos tive tenho e terei vários desses sintomas, mas alguns só fiquei sabendo ser da fibromialgia através desse artigo. É muito difícil a vida de quem sofre dessa doença viu, tbm gostaria muito de ter minha vida de volta e voltar a gostar de viver.

    ResponderEliminar
  17. Infelizmente ou felizmente estou.feliz por ter encontrado a causa das milhões de dores que sinto,antes de descobrir fui ao cardiologista ortopedista psiquiatra,fiz todos os exames e davam todos normais,agora sei o que é e posso tratá-la

    ResponderEliminar
  18. Infelizmente ou felizmente estou.feliz por ter encontrado a causa das milhões de dores que sinto,antes de descobrir fui ao cardiologista ortopedista psiquiatra,fiz todos os exames e davam todos normais,agora sei o que é e posso tratá-la

    ResponderEliminar
  19. Meu Deus tenho 80% destes sintomas, e ainda tenho 48 anos, será que consigo chegar aos 50....����

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que conseguirá em tenho 53 anos e fui diagnosticada com 50 anos, antes já sentia as dores mas para eu e quem não conhece eram dores musculares. Administrava medicamentos para dor, aliviava, até que piorei. Sou muito ativa, trabalho das 9h às 17h, estou no 4º período na faculdade e quando estou em casa não paro, limpo, varro, cozinho, lavo. Só não abuso muito com a vassoura e rodo pois esta é a pior parte do depois que acaba o serviço, tento relaxar, faço fisioterapia e acreditem se ficarmos parados porque dói é pior. Que Deus nos ajude.

      Eliminar
  20. Olá, há 2 meses descobri que tenho fibriomialgia. Sinto todos esses sintomas relacionados acima, estou tentando conviver com as dores, mais é difícil principalmente porque sou professora de educação infantil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tbm sou professora da educação infantil e descobri a um pouco mais de um mês. As aulas estão voltando, tenho medo de não conseguir realizar meu trabalho e amo o que faço. Dores sem fim, endometriose severa que me custaram 8 cirurgias. E agora depois de dois anos sem cirurgias vem a descoberta dá fibromialgia e mais e mais dores. Difícil né!

      Eliminar
  21. Tenho fibromialgia a 4 meses e as dores são insuportaveis nos joelhos nos ombros na garganta parece que tem um bolo na garganta, faço parte de um grupo de fibromialgicos no whatsapp quem quiser participar me chama no zap 22998287717

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como são as suas dores de garganta eu tb tenho uma sensação horrível na garganta tb tenho fibromialgia

      Eliminar
    2. Como são as suas dores de garganta eu tb tenho uma sensação horrível na garganta tb tenho fibromialgia

      Eliminar
    3. Não estou conaeguindo adicionar esse nr no zap

      Eliminar
    4. Não estou conseguindo adicionar esse nr 22 998287717 no zap. Obrigada!

      Eliminar
  22. Tenho essa terrível doença. Hoje mesmo no intervalo de 1 hora e meia já fui ao banheiro urinar cinco vezes. Estou sentindo muitas dores agora.

    ResponderEliminar
  23. Respostas
    1. Vdd josseane araujo ...doença do demônio, tbm tenho e sofro mt com ela o pior de tudo é não ter pessoas ao lado q entendam MTS falam q é frescura ..oro MT peço a Deus que ne de forças... Fica com Deus

      Eliminar
  24. Minha irmã tem essa maldita doença e há 20 dias não consegue nem comer, perdeu uns 15kg e mal consegue se mexer, toda vez que ela entra em crise fica assim por 3 meses, depois dá uma amenizada e passam alguns meses volta tudo de novo, morro de pena por não poder fazer nada, os remédio pra dor não fazem mais efeito, ela já trocou de medicação várias vezes, tadinha, ela já tem 66 anos. Que Deus ajude todas vcs. Bjo ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Difícil msm querida tenho 34 anos e sofro com essa doença... E horrível ...mas Deus é conosco

      Eliminar
  25. Ola! Fui diagnosticada com fibromialgia a uns 02 anos e sofro muito com isso. Tenho as vezes a sensação de que tenho outra doença só pelo motivo de não só sentir dores musculares. Quase sempre as dores vem acompanhada de uma sensação de que você está doente como se tivesse com uma infecção ou virose sabe como é?. Se alguém também sente isso por favor me ajude dizendo algo para me ajudar. Que Deus nos ajude!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola. É isso mesmo Ana Cristina. Num dia parece que estou com uma gripe fulminante e no outro some a gripe, que nao era gripe, era sintoma fibromialgico. Sou diagnosticada a mais de 15 anos e ja passei por muiiitooos especialistas, dificilmente com menos de 4 ou 5 ao mesmo tempo. Ajudas no dia a dia muito importantes, acupuntura e ioga (do tipo hata-alongamento) Da pra sobreviver. Bencaos do Anjo da Guarda a tds.

      Eliminar
  26. Boa noite descobrir que tenho fibromialgia desde novembro é muito difícil viver assim com tantas dores horríveis e a medição pouco faz só Deus nos pode ajudar.

    ResponderEliminar
  27. Tenho 46 descobri a dois anos estou sofrendo muito mais o pior e o descaso de medicos e peritos do inss e uma doença invisivel precisamos das autoridades e leis a nosso favor e com certeza da misericordia de Deus

    ResponderEliminar
  28. Aceitação. Conviver bem qdo se pode com o inimigo. Estou chegando a essa conclusão. No braço de força, vamos perder

    ResponderEliminar
  29. Aceitação. Conviver bem qdo se pode com o inimigo. Estou chegando a essa conclusão. No braço de força, vamos perder

    ResponderEliminar
  30. Tenho a sensação de arrepios constantes no couro cabeludo. Achei que fosse por conta da fibromialgia,mas não vi nessa relação. Alguem sente isso tb?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Eu tenho todos os sintomas acima e além de dores constantes esses arrepios na cabeça.

      Eliminar
  31. Eu tenho muitos desses sintomas..

    ResponderEliminar
  32. A um tempo atrás eu vivia indo ao médico porque tinha muitas dores só descobrir essa doença quando procurei uma reumatologia e fiz vários exame e nada constou faz 1 ano que descobrir essa fibro tenho 57anos e cada dia vem aparecendo novos sintomas.

    ResponderEliminar
  33. A um tempo atrás eu vivia indo ao médico porque tinha muitas dores só descobrir essa doença quando procurei uma reumatologia e fiz vários exame e nada constou faz 1 ano que descobrir essa fibro tenho 57anos e cada dia vem aparecendo novos sintomas.

    ResponderEliminar
  34. A um tempo atrás eu vivia indo ao médico porque tinha muitas dores só descobrir essa doença quando procurei uma reumatologia e fiz vários exame e nada constou faz 1 ano que descobrir essa fibro tenho 57anos e cada dia vem aparecendo novos sintomas.

    ResponderEliminar
  35. A um tempo atrás eu vivia indo ao médico porque tinha muitas dores só descobrir essa doença quando procurei uma reumatologia e fiz vários exame e nada constou faz 1 ano que descobrir essa fibro tenho 57anos e cada dia vem aparecendo novos sintomas.

    ResponderEliminar
  36. Descobri este mês que tenho fibromialgia. Ainda perdida com tanta informação. Tenho 44 anos e lendo essa relação de sintomas, concluo que tenho a doença há alguns anos. Tenho quase todos sintomas citados e depois de muitos médicos, muitas cirurgias (histerectomia, buco-maxilo-facial...) descubro que não sou hipocondríaca e que de fato tudo que sinto se deve unicamente a fibro.

    ResponderEliminar
  37. Descobri este mês que tenho fibromialgia. Ainda perdida com tanta informação. Tenho 44 anos e lendo essa relação de sintomas, concluo que tenho a doença há alguns anos. Tenho quase todos sintomas citados e depois de muitos médicos, muitas cirurgias (histerectomia, buco-maxilo-facial...) descubro que não sou hipocondríaca e que de fato tudo que sinto se deve unicamente a fibro.

    ResponderEliminar
  38. Tenho 42 anos e sofro ha uns 7 anos tratavam como tendenite.coluna..dores muscularrs ...ate que a 2 anos fui diagnosticada com essa doenca..a boca seca ..a fraquesa nos bracos as dores todos os dias o sono nao nbasta pra descansar..tenho vertigens...as x muda meu humor repentinamente..parei com os medicamentoa controlados pois nao aliviavam..mas vou voltar a medica pois estou cada dia pior..as vezes tento lembrar como seria um dia sem dor..sonho que estou com muitas dores e acordo no sonho com dor real..pernas.bracos.onbros.nuca.cabeca..olhos.colicas.etc..

    ResponderEliminar
  39. Sinto tudo isso mais o que me incomoda são as dores de cabeça ,mudanças de humor tenho desde de adolescente so descobrir agora...aos 25

    ResponderEliminar
  40. Já tive todos esse sintomas fui tratada com depressão prigisosa que só quero tá deitada não aguento mais meus filho zobar da minhas dores dizer que preguiça cronica

    ResponderEliminar
  41. Nossa é muito dificil mesmo estou começando a entrar em crise hoje mesmo ja comprei cymbalta para tomar não da para ficar sem o que me ajuda bastante é academia e caminhadas.É a cada crise sintomas diferentes dores meu Deus dai me forças para todos nós..

    ResponderEliminar
  42. Nossa é muito dificil mesmo estou começando a entrar em crise hoje mesmo ja comprei cymbalta para tomar não da para ficar sem o que me ajuda bastante é academia e caminhadas.É a cada crise sintomas diferentes dores meu Deus dai me forças para todos nós..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho 40 anos e tenho fibromialgia desde os 18 anos tenho todos estes sintomas e ja estou vivendo por Deus sem tratamento a 4 anos obs.trabalho todos os dias

      Eliminar
  43. Tenho praticamente todos estes sintomas é horrível, cheguei até pensar que fosse macumba, vodu sei lá dores estranhas sem motivo do nada dói aqui de repente ali aqui parece que caminha, fico encanada cada vez mais me sinto um lixo inútil,um ser desprezível, não consigo trabalhar, não tenho paz me sinto um grão de areia no oceano, estou perdida!!!!

    ResponderEliminar
  44. Tenho praticamente todos estes sintomas é horrível, cheguei até pensar que fosse macumba, vodu sei lá dores estranhas sem motivo do nada dói aqui de repente ali aqui parece que caminha, fico encanada cada vez mais me sinto um lixo inútil,um ser desprezível, não consigo trabalhar, não tenho paz me sinto um grão de areia no oceano, estou perdida!!!!

    ResponderEliminar
  45. Bom dia.
    Estou no estágio da fibro q jà sinto tds os sintomas citados.
    Patei de trab,pois ficou difícil...
    Estou tentando c as medicações novas... Mais sem resultados...
    Muitas cãimbras e dores musculares e pés inchados...😫
    Creio q um dia,haverá a cura!
    Por enquanto,só Deus!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vc conseguiu se aposentar por causa da fibromialgia?

      Eliminar
  46. É horrivel fui diagnosticada em 2008, mas dese 2014 que os sitomas aumentaram, tomo pregabalina, mas tem horas que nem esta medicação resolve...é mt triste, fico pedindo a Deus para terminar o expediente e vir direto para casa, me sinto muito limitada...mas tenho fé que Deus irá me curar

    ResponderEliminar
  47. Aff Dos sintomas alistados eu só contei 5 que não tenho ,isso se eu contar o número 72 que é infertilidade masculina ,mas como sou mulher então são 4 mesmo .Nunca pensei que a endometriose fosse causada pela friomialgia ,mas ,tenho as duas desde muito jovem ...é muita siquizira pra uma pessoa só .Teve uma ocasião que senti tanto frio e dor que não passavam nem com Codaten que só percebi que havia algo a mais quando resolvi medir minha temperatura e ví que estava com febre acima de 38C ,estava com uma infecção pulmonar e aguentando horas em casa achando que era tudo da Fibro .É triste ,mas ,em outras ocasioes tive pneumonia ,infecção na garganta e o sinal de alerta foi a dor de ouvido ,nem febre tive .Quem tem Fibromialgia deve ficar atento ao corpo à alguma coisa fora do comum ,senão pode correr sério risco com as infecções!

    ResponderEliminar
  48. Boa tarde

    Meu nome é Adriana tenho 40 anos também fui diagnóstica com Fibromialgia, após passar por vários médico inclusive um psiquiatra o qual me dopava e diziam que era coisa da minha cabeça e para ajudar também tenho uma doença chamada Acalasia que é quando se perde os movimentos do músculos do esôfago para descer a comida para o estômago, enfim além de todos esse sintomas da fibro ainda tenho problemas para me alimentar já perdi 10kg,não sei o que é pior as dores da fibromialgia ou da acalasia quando vou tentar comer e ainda estou com suspeita de uma doença auto imune, creio que somente Deus na causa

    ResponderEliminar
  49. Boa noite.... Tenho 41 anos e descobri a fibromialgia a dois, meu Deus tem dias que é insuportável.......

    ResponderEliminar
  50. Um medico ja havia me falafo que tenho fibriomialgia,recentemente me falaram que tenho artrite reumatoide,mas vendo esse artigo tenho 100% de certeza que o que tenho mesmo é fibriomialgia...tenho 90% dos sintomas faco tratamento com psciquiatra pq tenho sindrome do panico...achava que era hipocondriaca por causa de tantos sintomas que sinto,fico aliviada de saber que todos os sintomas é da fibriomialgia...agora preciso voltar ao ortopedista e tratar esses sintomas,preciso i formar ao meu psciquiatra tbm...sinto me pouco aliviada

    ResponderEliminar
  51. ola ,eu tenho 52 anos e foi me diagnosticado fibromialgia a 5 anos ,e verdade que e muito difícil viver com tanta dor diariamente ,e com os olhares de quem não acredita ,principalmente quando se trata da família mais chegada ,eu acho que já aprendi a viver com tudo isso ,
    deixar de ligar as opnioes dos outros ,e cada dia tentar esquecer a doença mesmo com dores,
    arranjar atividades que nos facam distrair .
    infelizmente tive de deixar de trabalhar mas obrigo-me a manter horários para sair da cama mesmo que a noite tenha sido curta causada por insónia e dores ,mesmo toda presa começo por tarefas ligeiras ate os músculos relacharem ,não nos devemos entregar a cama ,desta maneira ficaríamos dias e dias sem de la sair.
    faco a higiene diária ,arranjo o meu cabelo e saio de casa a maioria das vezes sem vontade ,mas e necessário destrair o máximo e por mim o melhor remedio que possa existir evito os medicamentos o mais que posso ,so tomo em caso de grande crise ,
    tenho aulas duas vezes por semana de dança ,saio de la nova e a melhor fisioterapia ,faco jardinagem ,bricolagem ,convívio com outras pessoas ,brinco com os meus caes .
    tudo isto me ajuda a ter uma boa qualidade de vida ,embora em momentos de crise tenha de andar de bengala .
    tentar fugir de tudo o que nos possa afectar a mente para o lado negativo.
    sofremos sim e muito de dores todos os dias ,mas temos de tentar ser felizes com o que temos e pensar que não e nada em relação a doenças mais graves sem esperanca de vida ,como milhares de crianças no mundo com cancro em fase terminal
    o facto de ter um pensamento positivo no dia a dia ajuda muito ,sejam positivos, agora que sabemos o que temos como doença ,no meu caso foi muito mais difícil ate descobrir ,pois ate pensei varias vezes em suicídio.
    vamos deixar de nos queixar e seguir en frente
    espero que tenha ajudado de alguma maneira
    forca e curagem vamos aceitar e acreditar que um dia vai ter cura

    ResponderEliminar
  52. ESSA DOENÇA É MUTO RUIM MESMO GENTE, É INSUPORTÁVEL, TENHO FIBROMIALGIA DESDE DE CRIANÇA, AS VEZES A NOITE, EU ME QUEIXAVA DE DORES NO JOELHO A MINHA MAE, ACHO QUE TINHA MENOS DE 8 ANOS. POR QUE ELA DISSE QUE SEMPRE ME QUEIXAVA DESSAS DORES, MAS NAO ME LEMBRO, EU DEVIA SER MUITO PEQUENA MESMO RSRS.
    HOJE TENHO 18 ANOS, ESTOU EM UK TRATAMENTO QUE PARECE NAO TER EFEITO!
    POR FAVOR QUE VENHA UM ANJO DE DEUS SUSSURRAR NO OUVIDO DE UM MEDICO A CURA PARA ESSE MAL QUE EU JA NAO AGUENTO MAIS :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tbm me lembro de ter muitas dores no joelho desde pequena. Hj as dores sao so do lado esquerdo do corpo, mais msm assim o diagnostico foi o pior, a terrivel fibromealgia. Que venha uma cura.

      Eliminar
  53. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  54. Sinto dores frequentes nos seios, na garganta que vai até ouvido. E do nada sinto aquela pontada forte no corpo insuportável parece que vou morrer de tanta dor,que se espalha de forma difusa pelo corpo,desconfio que eu tenha esofagite e fibromialgia duas doenças que privam a qualidade de vida de qualquer pessoa

    ResponderEliminar
  55. Tenho 36 dos sintomas mencionados acima.O pior de tudo é a falta de compreensão das pessoas, mesmo as que gosta da gente.

    ResponderEliminar
  56. Sera que a fibromealgia pode acometer somente um lado do corpo? Todas as dores que sinto sao do lado esquerdo, ate meu rosto doi, mais oke mais me incomoda é o formigamento.

    ResponderEliminar
  57. Gente muito doloroso viver nessa situação e uma doença que vai nos desvaindo aos poucos nos prova de tantas coisas pois não conseguimos realizar quanto sofrimento sogro há mais de 8 anos com essa terrível doença e como comprovar se não existe diagnóstico médicos? SOS urgente...

    ResponderEliminar
  58. Gente tenho esta maldita doença desde 2005 e de lá pra cá só tem.piorado Tem dias q da vontade de morrer de tamtas dores!!!Nao tenho conseguido trabalhar Que DEUS nos proteja!

    ResponderEliminar
  59. Tenho dor de cabeça no lado esquerdo,formigamento pés e mãos,aperto no peito dor musculares e dor no joelho 😂

    ResponderEliminar
  60. Tenho dor de cabeça no lado esquerdo,formigamento pés e mãos,aperto no peito dor musculares e dor no joelho 😂

    ResponderEliminar
  61. Tenho dor de cabeça no lado esquerdo,formigamento pés e mãos,aperto no peito dor musculares e dor no joelho 😂

    ResponderEliminar
  62. Meu Deus !;!!; Estou em pânico. Descobrir a dois meses essa maldita doença e sinto alguns desses sintomas, mas o que está me incomodando muito são as dores de cabeça muito intensas :( Não fui ainda num médico Reumatologista e quem me diagnosticou foi o ortopedista , ele me passou um remedio e vou começar a fazer exercícios físicos e cuidar da mente. Realmente é muito sofrido e só quem tem é quem sabe .
    So Deus pra poder ter misericórdia

    ResponderEliminar
  63. Tbm tenho isto mais sinto mais a dor nas mulheres não é facil por isso é que dizem 90% mulheres

    ResponderEliminar
  64. Estou cansada. Sem esperança de cura a não ser que a mão do senhor venha sobre mim e faça um milagre. Essa semana tive um espasmo no dedo mindinho e ele se fechou bruscamente várias vezes, está dolorido, fora do primo normal e parece que o tendão se rompeu. O medico acha que foi devido a fibromialgia. Na dá justifica o que houve.

    ResponderEliminar
  65. Eu tenho ja faz 13 anos ,e sinto praticamente td.Fiquei praticamente imovel por 2 meses .Uma reumatalogista q decobriu.olha não é facil muitos nem acretida na gente.So Deus sabe nosso sofrimento.A fibromialgia tinha que ser mais falada mais divulgada. Pra podemos ter mais apoio.

    ResponderEliminar
  66. Estou lendo os comentários e por desespero procurando o que eu posso ter. A 10 anos que não saio de médicos e cada vez é uma doença que vai e vem, tenho intestino irritado, ATM, dor ciática, enfim uma lista enorme e agora apareceu uma dor pélvica que médico nenhum acha nada..à noite é pior, acho que os comentários me ajudaram muito pois está muito difícil conviver com dor. Se vocês conseguiram o número do WhatsApp do grupo comendo agradeço, melhoras a todos.

    ResponderEliminar
  67. Ha dois meses descobri esta doença. Durmo e acordo com dores
    Hj iniciei fisioterapia. Espero melhorar. As vezes me da um desespero e chego a pensar que estou com uma doença horrível. O pior que acho, é o entalo que sinto na garganta e a dor mo peito, que perece que vou enfartar. Estranho é que do nada, as dores vem e vão. Mas com certeza a tensão nervosa e o stress aumentam os sintomas.
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho os mesmos sintomas que Deus abençoe que logo encontrem a cura para essa doença

      Eliminar
  68. Oi fui diagnosticada com fibromialgia passei por dois reumatologistas mas me pediram que procurassem uma psiquiatra estou sem trabalhar dores constante entrei no inss auxílio pois não tenho mais forças o que faço

    ResponderEliminar
  69. Li alguns comentários e sigo como portadora dessa doença...TEM QUW MALHAR MUITOOO OS MÚSCULOS!!!CAMINHADAS RÁPIDAS!! não adianta viverem de remédios se não se acreditarem!!! Essa é a minha mensagem pra todos vcs!!! Quem quiser conversar comigo meu facebook...Angélica Bugarin..podem me add..

    ResponderEliminar
  70. Sinto vários desses sintomas, porém tem dois anos que foi diagnosticada,só sei que é horrível sentir dor 24 horas por dia, pessoal a Deus força pra suportar tudo isso��

    ResponderEliminar
  71. Há seis anos fui diagnosticada com fibro,porém já sentia algus dos sintomas acima a bastante tempo e hoje afirmo sentir quase todos,meu Deus eu gostaria de entender como uma doença causa tanta coisa,a ponto de fazer de nós pessoas quase que inúteis.

    ResponderEliminar
  72. Muito obrigado a tds moderados do Blog!
    Já gastei muito dinheiro fazendo exames e depois ñ tinha nada. Isso me deixava louco. Como assim e as dores e as crises???! Na véspera de completar 1 ano de idade sofrir um assistente doméstico no qual tive a minha primeira deficiência.
    Deste então fui crescendo com uma vida cheias de durbulações... Entre dores sem diagnóstico e me destroncar vários membros q depois foram ficando debilitados. Passei uma vida inteira com vários fisioterapeutas... E assim fui adquirir mais deficiências até chegar a paraplegia L5 isso aos 25anos .
    Ao chegar este ponto eu fiquei louco... Cadê ñ era td psicológico pq hoje estou assim... Um médico me diagnosticou Fibromialgico. Chequei em casa fui pesquisar mais nada até hoje q pesquisei chegou ao nível deste Blog.
    Q me ajudou a entender as crisese E mostrar para minha família e amigos q ñ é psicológico e sim real. Eu resolvi a ver quantos sintomas e crises eu tenho. Nossa dói muito assumir 48; sendo q outros ñ aceitei e acredite foi bem difícil...
    Hoje meu anjo minha mãe se sente amparada por conhecer estes pontos. Porém ainda ñ temos médicos capazes se quer de acreditar na Fibromialgia. Principalmente no interior do Espirito Santo. Somos eternamente grato pelos esclarecimentos e este trabalho de vcs...

    ResponderEliminar
  73. Tenho quase todos os sintomas citados no texto. O pior é que pessoas sem esclarecimentos sobre a doença, julgam-nos e nos chamam de preguiçosos. É muito triste ter que lidar com isso.

    ResponderEliminar
  74. tenho 33 anos e tbem tenho fibromialgia e hipotiroidismo,alguns sintomas são de ambas doenças,e me sinto como se tivesse com 80 anos,nao aguento mais sentir dores os dias inteiros,minhas maos pernas e braços parece que nem são meus só doem,e o pior que quem ta perto ate acredita mais não imagina o quanto é doloroso e triste pra quem tem essa porcaria .....

    ResponderEliminar
  75. COLÁGENO TIPO 2
    R$ 78,00

    Ajuda a recontruir a Cartilagem,melhora a movimentação da articulação inflamada e dolorida, nos casos de artrite,artrose,artrite reumatóide,lesão da cartilagem e da articulação.

    Código: 5040066

    Para maiores informações sobre este produto, acesse:
    http://www.anaterrashop.com/colageno-tipo-2.html

    ResponderEliminar
  76. BIOSIL 520mg
    R$ 189,00 (Preço Promocional)

    Para articulações, ossos, cabelos, unhas e pele saudáveis e mais fortes BioSil é um complexo único e patenteado de ácido ortosilícico estabilizado em colina com ações benéficas, comprovadas em estudos, na saúde da pele, cabelos, unhas, ossos e articulações, através da ativação das vias de produção do colágeno.

    Código: 5010295

    Para maiores informações sobre este produto, acesse:
    http://www.anaterrashop.com/biosil-520mg.html

    ResponderEliminar
  77. É possível a fibro afetar apenas um lado do corpo?

    ResponderEliminar
  78. Tenho praticamente todos os sintomas agora mesmo estou com dores até na biloca do olho,imploro para DEUS todos os dias para morrer não consigo mais viver assim com tantas dores não consigo trabalhar não consigo tomar banho, nem tenho condições de vestir uma roupa pq tenho dores terríveis como um ser humano pode viver assim? Não consigo tratamento pelo sus no início ah 4 anos eu estava pagando o reumato e psiquiatra mais não consegui continuar os remédios são caros as colsultas muito caras, E muito complicado tudo isso só quero que DEUS possa ver eu aq é decidir me tirar dessa terra e oq tanto imploro, só não tiro a minha vida pq sei que vou para o inferno

    ResponderEliminar
  79. É realmente incapacitante e muito doloroso como se sentisse-mos que Deus se esqueceu de nós. acordar ás seis da manhã cheia de dores ninguém merece. não poder ficar quieta na cama incomoda felizmente tenho um marido super compreensivo e que me apoia e ajuda bastante. pelo menos psicologicamente é mais suportável e sou muito bem acompanhada na consulta da dor por uma média excelente tomo Tramadol 150 duas vezes ao dia Lirica, duas vezes ao dia Eutirox PARA A Tiróide já fui operada a um tumor além de tomar Exxiv e Doluron forte e Diazepam 10 e Pantoprazol é um rol de medicamentos
    que ficam muito caros, para suportar a dor temos que nos animar uns ao outros ,beijinhos para todos os que padecem dessa enfermidade muitas vezes mal compreendida.

    ResponderEliminar
  80. Gostaria de ajuda, sofro de dores constantes no peito, clavículas, ombro, braço, dedos geralmente braço esquerdo, maxilar, nuca, cabeça, panturrilhas, coxas, sonolência, tonturas, fraqueza, mal estar, urina constante, dormência nos dedos das mãos, já fiquei internado 2 vezes na uti cardíaca, todos exames desde ecg, eco, cintilografia, ressonância cardíaca e angiotomo negativos, sofro de refluxo e agora descobri esteatose hepática difusa, não há um dia sem sentir sintomas e achar q vou infartar ou ter algo parecido, sintomas começaram a mais de 10 anos e vem sem piorando desde então, não sei onde isso vai chegar, não tenho qualidade alguma de vida, me ajudem

    ResponderEliminar
  81. Colágeno Tipo 2 40mg 60 Cáps
    R$ 111,20

    Ajuda a recontruir a Cartilagem,melhora a movimentação da articulação inflamada e dolorida, nos casos de artrite,artrose,artrite reumatóide,lesão da cartilagem e da articulação.

    APRESENTAÇÃO: 60 cápsulas

    Código: 05010304

    Para maiores informações sobre este produto, acesse:
    http://www.anaterrashop.com/colageno-tipo-2-40mg-60-caps-407.html

    ResponderEliminar
  82. Gente considero essa doença minha sentença de morte em vida .Aos 42 anos tive uma grave crise de hipertensão e junto essa maldição chamada fibromialgia, pensei a morte chegou pra min hoje estou com quase 53 anos e sofrimento aumenta a cada dia.

    ResponderEliminar
  83. Olá tenho muitos desses sintomas como intestino as vezes solto as vezes presos, dor urinária perto dos meus dias, muita vontade de urinar ansiedade, panico ao deitar, muita dor pelo corpo, fraqueza, tontura, boca seca, zumbido no ouvido dificuldade de concentar, as vezes durmo as veses não é as vezes fico como estivesse dormindo mais mnhs cabeça ainda elétrica, bruxismo, não consigo ficar parada muito tempo num lugar, palpitação, vivo com alergias no braço cabelo vai muito mais muito mesmo e assustador as vezes penso que vou ficar careca. Eu me indentifiquei muito com esse artigo e tenho milhares de dúvidas como melhorar esses sintomas, qual médico que trata esses essa doença,tem exames que comprovam a doença essas doença e psicológica ou não? Sofro com isso a mais de 2 anos e nunca tinha ouvido falar disso passe no rematologists por que o fan seu reagente nos meus exames ecele está investigando lupos.

    ResponderEliminar

Item Reviewed: Os 100 sintomas da fibromialgia Rating: 5 Reviewed By: Fibromialgia em PT