728x90 AdSpace

Notícias
27 de maio de 2015

Como faz o trabalhador com fibromialgia?


Muitas pessoas com fibromialgia têm que trabalhar e, definitivamente, a fibromialgia interfere com o trabalho. Isto cria stress, muitas vezes problemas financeiros extremos se não conseguirmos trabalhar com normalidade. Se o trabalho agrava a fibromialgia existente, é preciso fazer mudanças na forma como se trabalha para minimizar a dor e a deterioração funcional.
Eu deixei de trabalhar há uns anos porque realmente já não conseguia dar mais... nem física nem mentalmente; o meu trabalho implicava muito stress, precisava de estar sempre disponível e com muitas horas de trabalho. Uma mistura tóxica para quem tem fibromialgia.
Lembro-me que, nos últimos 2 ou 3 anos de trabalho, praticamente ia do trabalho para a cama e vice-versa; quando não estava no trabalho só queria descansar. Cheguei a um ponto em que, quando chegava a casa, à noite, um dos meus filhos ajudava-me a tirar a roupa (tal como fazemos às crianças pequenas) para poder deitar-me imediatamente. Isso não é vida. 
Existem diversos factores que influenciam a nossa capacidade de trabalhar. Temos dificuldade em alcançar as coisas, levantar os braços acima da cabeça, agacharmo-nos, levantarmo-nos e estar na mesma posição durante muito tempo. Os trabalhos que implicam pegar em pouco ou nada podem não ser toleráveis se temos que alcançar as coisas com frequência ou se temos que realizar movimentos repetitivos.
Algumas profissões de "alto risco" para pessoas com fibromialgia são postos de trabalho em linhas de montagem, em cabeleireiros, conduzir um autocarro, trabalhar todo o dia num computador ou numa caixa de supermercado. Os postos de trabalho sedentários, menos exigentes fisicamente, podem ser tanto ou mais stressantes porque é difícil focarmo-nos, concentrarmo-nos e ser produtivos quando nos dói o corpo todo e/ou temos dor de cabeça e/ou ficamos envoltos no "nevoeiro cerebral", etc.

Ainda assim há coisas que podemos fazer nos nossos empregos para que os sintomas da fibromialgia sejam menos severos, situações que podemos modificar para sermos mais produtivos e minimizarmos a dor, apesar da doença.

Sempre que seja possível, considere as seguintes possibilidades:

Horário
Procure manter-se num turno diurno, evitar as horas extraordinárias, reduzir o tempo de viagem.
Ideal seria ter um horário flexível ou um trabalho a tempo parcial.

Acesso
Estacionar o mais perto possível do lugar de trabalho e usar o elevador em vez das escadas.

Ambiente de trabalho
Evite correntes de ar, luzes brilhantes e ruídos fortes. Sensibilize os colegas para ter controle sobre o termóstato do ar condicionado. Evitar interrupções ou alterações será importante assim como ter mobiliário ergonomicamente eficiente.

Mobilidade
Seria importante ter a possibilidade de ir alternando de posição, podendo estar sentado durante mais tempo. Poder deitar-se durante as pausas ou diminuir o ritmo de trabalho também seria o mais aconselhado.

Carga de trabalho
Poder alternar tarefas, delegar, ou dividir o trabalho em fases para aliviar o stress. Não estar num posto de trabalho em que outros dependam da conclusão das suas tarefas.

Seguro de saúde ou Segurança Social
Recebe subsídio de doença por incapacidade temporária? Tem apoio para comprar os seus medicamentos?
Adaptações razoáveis
O empregado, o empregador e o médico deveriam poder trabalhar juntos com a esperança de criarem um lugar de trabalho seguro e com um mínimo de dor.
Geralmente, as associações relacionadas com pessoas com incapacidade, em todos os países, requerem ao empregador que ofereça igualdade de oportunidades de trabalho para as pessoas que são capazes de realizar uma tarefa mas estão limitadas pela sua incapacidade física. O empregado tem direito a ajustes razoáveis fornecidos para o empregador para o ajudar a superar as suas limitações físicas.
(Nota: Neste momento, em Portugal, estamos a lutar para conseguir este reconhecimento de incapacidade física e adaptação de horário e condições laborais.)

Exemplos de adaptações razoáveis para pessoas com fibromialgia:
  1. Permitir descansos frequentes durante a jornada laboral
  2. Reorganizar o posto de trabalho e proporcionar ferramentas e móveis ergonómicos para optimizar a mecânica corporal adequada
  3. Proporcionar telefones com auriculares
  4. Ajuda através de um teclado sem fios, apoio para os pulsos e suporte para os braços, no posto de trabalho
  5. Um local de trabalho sem correntes de ar e sem exposição directa ao ar condicionado
  6. Restrição de actividades repetitivas 


Em quase todos os países é possível aos trabalhadores ausentarem-se do trabalho quando estão incapacitados ou quando precisam de tratamento médico para uma doença grave ou crónica. A fibromialgia é uma condição crónica que pode ser imprevisível, provocando surtos esporádicos ou frequentes, o que altera a capacidade de trabalho. Por isto deveria garantir, quando necessário, uma incapacidade temporária para o trabalho e, em casos mais graves, incapacidade permanente. Todos gostaríamos de regressar ao trabalho e continuar a trabalhar tanto quanto seja possível.

Como fazem os trabalhadores com fibromialgia? Por favor, compartilhem qualquer estratégia que vos seja útil para o desempenho das vossas tarefas diárias...
  • Comentários no Blog
  • Comentários no Facebook

5 comentários:

  1. Seria bom, quebec os empregadores fizessem e colaboraressem.

    ResponderEliminar
  2. So sei que a fibroomialgiia roubou minha alegria de viver.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Graça. Venha experimentar uma sessão de Watsu®. (Convite) Contacto via www.watsu.pt

      Cumprimentos e tudo de bom. Nuno

      Eliminar
    2. Falava sobre isso hoje com minha mãe. A Fibromialgia é como um câncer, só que não te mata, mas rouba sua vida.

      Eliminar
  3. "Um local de trabalho sem correntes de ar e sem exposição directa ao ar condicionado" este é dos maiores problemas do meu dia a dia. Tenho uma hipersensibilidade as diferenças bde temperatura e mesmo não estado nas zonas de maior exposição ao AC qd sinto o ar frio automaticamente fico com dores, mexe com a minha concentração, e por vezes com a respiração. Tenho sempre comigo uma almofada de aquecimento no microondas como sos para me.ajudar, mas as correntes de ar sao frequentes e é muito difícil nefociar com alguns colegas... O meu trabakho é o dia todo frente ao PC e com algum stress. Consegui definir com a entidade patronal a possibilidade de trabalhar de casa quando me sinto pior ou quando vejo que vai aumentar ou descer muito a temperatura, por enquanto tenho duas manhas ou duas tardes pa o fazer, mas qd estou pior e nao aguento estar no trabalho acabo por vir trabalhar para casa quando possível. Penso que o importante é comunicar as chefias o problema e pedir a sua compreensão e flexibilidade na medida do possível, mesmo assim por vezes os dias são complicados para nos, pior se nao houvesse alguma compreensão por parte de chefias �� esta luta constante, exige de nos muita flexibilidade e criatividade constante para adaptação por forma a nos protegermos.

    ResponderEliminar

Item Reviewed: Como faz o trabalhador com fibromialgia? Rating: 5 Reviewed By: Fibromialgia em PT