728x90 AdSpace

Notícias
17 de abril de 2015

Fibromialgia: “A dor não se vê, a dor sente-se”


fotografia - Adriano Miranda


Numa entrevista ao jornal Público, uma jovem fibromiálgica dá o seu testemunho sobre a doença, sobre a vivência difícil que tem com a mesma.


Fátima tem 25 anos e faz parte dos 2% da população que sofre deste distúrbio do sistema nervoso. "A maior parte das pessoas desconfia daquilo que tenho. As pessoas veêm-me com aspecto saudável e não acreditam na dor"

(...)

Entre tudo isto, como te distrais?

Gosto de fazer caminhadas, porque o exercício físico também ajuda com a condição. Uma terapia de que gosto muito é também o contacto com animais. Felizmente tenho espaço para ter seis cães e o meu marido tem também vários pássaros. Tenho a sorte de ter espaço para eles e para a minha jardinagem. E, mais uma vez, encontro bastante refúgio no facebook. As pessoas acham que é vício, mas a minha actividade é sobretudo com o grupo de Jovens Portadores de Fibromialgia. Há muito preconceito em volta da fibromialgia, e falar com alguém que sabe mesmo aquilo por que estamos a passar - não sei se a palavra será exactamente esta — mas é um conforto.

(...)

Entrevista completa no P3
 
  • Comentar no Blog
  • Comentários no Facebook

0 comentários:

Enviar um comentário

Item Reviewed: Fibromialgia: “A dor não se vê, a dor sente-se” Rating: 5 Reviewed By: Fibromialgia em PT