728x90 AdSpace

Notícias
19 de abril de 2015

Brasil - fibromialgia vai ser tratada no sistema de saúde


A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou o projecto (PL 6858/13) que obriga o Sistema Único de Saúde (SUS) a oferecer tratamento para pessoas com síndrome de fibromialgia ou fadiga crónica.
(...)

Favorável à matéria, a relatora, deputada Benedita da Silva (PT-RJ), assinalou que a fibromialgia é uma síndrome dolorosa extremamente incómoda para aqueles por ela acometidos. “Como não causa alterações em exames complementares, de imagem ou laboratoriais, era comum que os pacientes ficassem sem diagnóstico, ou pior, que fossem rotulados como simuladores.”
 (...)

A autora do projecto, deputada Erika Kokay (PT-DF), acredita que, além do reconhecimento da doença, a expansão desse atendimento ao SUS possibilitará que o tratamento da síndrome possa, inclusive, transformar-se em política pública de saúde. "Com essa política de atendimento na saúde, no SUS, para as pessoas com fibromialgia, nós estamos, primeiro, reconhecendo a doença, dando-lhe visibilidade, possibilitando que essas pessoas possam, enfim, resgatar suas vidas ou ter suas vidas de volta, [por meio] desse atendimento multisdisciplinar".

Segundo a representante da Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação do Distrito Federal (ABBR-DF), doutora Cláudia Barata Ribeiro, ainda há muito preconceito em torno da síndrome, que afecta principalmente mulheres - cerca de 90% dos diagnósticos. "Mais ou menos 50% dos pacientes que possuem fibromialgia possuem depressão. Não são todos que apresentam depressão. Muita gente tem fibromialgia e não tem depressão. Muita gente, hoje em dia, fala que isso é doença da cabeça, que não é uma patologia real, que isso não existe, é emocional. Não é emocional. Existem vários trabalhos científicos mostrando que o cérebro do paciente com fibromialgia é diferente de quem não a possui".

Quem sofre com as dores da doença acredita que a mudança na legislação, além de ampliar o tratamento médico, fará com que o tema seja mais debatido na sociedade. Essa é a opinião de Fernanda Gotti, que também sofre com a depressão. "Quando vêm as crises, vem junto, também, a depressão. Então, eu fico péssima, sinto dores. Eu tenho que tomar muitos remédios. [Você] sente muita dor de cabeça, não consegue dormir, dói o corpo, os tendões, o músculo, tudo dói".

Tramitação
O projecto segue para análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, em carácter conclusivo.


Fonte: Agência de notícias da Câmara Federal
@ CBN em 17 Abril 2015

  • Comentários no Blog
  • Comentários no Facebook

5 comentários:

  1. APROVADO, QUERO VER COMO SERÁ TRATADO, SE NEM MÉDICOS CLÍNICOS GERAIS EXISTEM NO SUS E UMA CONSULTA COM ESPECIALISTA DEMORA DE 1 À 2 ANOS?????? GRANDE COISA SER APROVADO, QUERO VER SER POSTO E PRATICA REALMENTE.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Megstar, apenas partilhei a informação. Em Portugal a fibromialgia é supostamente tratada através do médico de família mas ainda existem muitos a dizer que a doença não existe e que é tudo emocional, apesar de existir legislação a dizer que a doença existe. Qualquer passinho é um passo. Para a frente. Mas esta há-de ser uma luta de anos. Todos nós faremos diferença. Abraço

      Eliminar
  2. As matérias apresentadas até hoje na tv, nenhuma citam de verdade todos os sintomas de um fibromialgico. Eu acho que quando forem colocar as matérias no ar, deveriam pesquisar melhor e ver os depoimentos de quem tem a doença nos grupos de Fibromialgia, com certeza terão muita coisa a mostrar, a fibromialgia leva a depressão profunda, falta de qualidade de vida e falta de vontade de viver, pois quem consegue ser feliz sentindo dores todos os dias e todos os outros sintomas??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade. É por isso que a partilha de informação é tão importante, a meu ver. Para cada um dos doentes acaba por ser muito difícil explicar uma e outra vez a toda a gente o que é esta doença, como nos sentimos, como muda a nossa vida... Cada um de nós já trava uma luta pesada, diariamente. Só vamos conseguir abrir mentalidades, explicar como nos sentimos, pedir ajuda à classe médica e aos investigadores se nos unirmos. A luta é pela união e pela força de todos e cada um dos que têm fibromialgia. Lá chegaremos. Abraço.

      Eliminar
  3. Pura mentira. No Brasil nem os médicos sabem direito o que receitar e ficam mandando os pacientes de especialista em especialista os quais todos dizem que devo voltar a um Reumatologista. E os Reumatologistas aqui são péssimos. Duvidam até do nosso sofrimento. Não se empenham nada em se informar e atualizar sobre os estudos recentes sobre a doença~. Os outros profissionais da saúde nos tratam como se fossemos loucos e so querem nos dopar. Não existe tratamentos nenhum alternativo nem medicamento correto fornecido pelo governo nem pelos Sistema de Saúde Publica aqui. MENTIRA

    ResponderEliminar

Item Reviewed: Brasil - fibromialgia vai ser tratada no sistema de saúde Rating: 5 Reviewed By: Fibromialgia em PT