728x90 AdSpace

Notícias
10 de março de 2015

A dor crónica pode afectar a memória


 As pessoas que padecem de dor crónica podem sentir a memória saturada pela acumulação de tarefas quotidianas, segundo indica um novo estudo da Universidade de Alberta (Canadá), publicado em "Anesthesia and Analgesia".




A investigação em 24 homens e mulheres tratados numa clínica de dor concluiu que a dor crónica altera a memória a curto prazo dos pacientes.

Muitas dessas pessoas não conseguiam lembrar-se de uma memória, uma informação, enquanto realizavam outra tarefa.

Na vida real isso pode traduzir-se em, por exemplo, dificuldade para se lembrar de um número de telefone enquanto se procura um lápis ou se tem um bebé ao colo, como assinalou um dos co-autores do estudo, o Dr. Bruce D. Dick.

É possível que a dor crónica interrompa a atenção de uma pessoa e basicamente anule alguns recursos que o cérebro dedicaria à memória a curto prazo, o reservatório no qual se processa a informação antes de passar para a memória a longo prazo.

As 24 pessoas participantes no estudo sofriam de dor nas articulações, costas, membros superiores e inferiores e outras partes do corpo durante os últimos 6 meses.

Segundo os valores standard de atenção e memória a curto prazo, 16 das pessoas participantes tinham problemas de memória por causa da dor. Destes, os mais afectados não conseguiam manter uma recordação recente.

Para o Dr. Bruce os resultados reflectem o que muitos pacientes com dor crónica relatam: a memória altera-se com a dor física.


Original: Fibromialgia Notícias


  • Comentar no Blog
  • Comentários no Facebook

0 comentários:

Enviar um comentário

Item Reviewed: A dor crónica pode afectar a memória Rating: 5 Reviewed By: Fibromialgia em PT